Club de
Augustinópolis

PAUL PERCY HARRIS,O FUNDADOR DO ROTARY INTERNATIONAL

Paul Percy Harris nasceu em 19 de abril de 1868 em Racine, Wisconsin, nos Estados Unidos, ao norte de Chicago. Foi o segundo dos 6 filhos de George N. Harris e Cornelia Bryan Harris. Por problemas financeiros, aos dois anos foi morar, juntamente com seu irmão Cecil, então com 5 anos, com seus avós paternos Howard e Pamela Harris, na cidade de Wallingford, no Estado de Vermont, nos Estados Unidos.

Foi aí que praticamente começou o direcionamento da vida de Paul Harris, como ele mesmo recorda em suas memórias "Meu Caminho para Rotary": “ Eu tive o privilégio de viver em um lar estável, onde não faltava nada e nada era excessivo; onde os ideais eram os mais elevados e a educação era o objetivo supremo.” Esta visão em direção à educação o levou às Universidades de Iowa, onde se formou advogado e obteve o título de doutor honorário na Universidade de Vermont.

Ao receber o seu diploma, Paul decidiu que passaria cinco anos conhecendo o mundo antes de se dedicar à sua nova profissão de advogado. Foi neste tempo que trabalhou como repórter de jornal, professor de economia, ator de teatro e cowboy. Fez também inúmeras viagens pelos Estados Unidos e Europa como representante de uma companhia de mármores e granitos.

Finalmente, em 1896 decidiu advogar em Chicago. O ambiente da cidade era difícil, com muita imoralidade, Incêndios fraudulentos, e falências, melhorando em 1900 com o fechamento das casas de jogos e tavernas, com a Promulgação da Lei Federal de Falências e a segregação da prostituição. Foi advogado durante 32 anos, membro do Colégio de Advogados do Estado de Illinois, do Colégio Americano de Advogados e Presidente da Comissão de Ética Profissional do Colégio de Advogados de Chicago. Em um dia no outono de 1900, Paul P. Harris se encontrou com o advogado Bob Frank para jantar em um luxuoso bairro no norte de Chicago. Eles saíram para uma caminhada parando em algumas lojas no caminho. Harris ficou impressionado com a maneira como Frank tinha feito amizades com muitos dos vendedores.

Desde que se mudara para Chicago para abrir seu escritório de advocacia, Harris não havia encontrado a mesma Camaradagem que Frank tinha com seus colegas empresários, e naquele momento começou a pensar em como encontrar esse tipo de companheirismo que o lembrava da cidade em que ele havia crescido na Nova Inglaterra. Em 23 de fevereiro de 1905 Paul Harris, juntamente com outros três homens de negócios: Silvester Schiele, comerciante de carvão, Gustavus Loehr, engenheiro de minas e Hiram Shorey, alfaiate, reuniram-se no Edifício Unity, na N orth Deaborn Street, 127, 7º andar formando o primeiro clube. O primeiro Presidente foi Silvester Schiele. O clube recebeu o nome de “Rotary” devido ao fato de que seus sócios se reuniam em rodízio nos respectivos locais de trabalho, em um sistema de rodízio. Seu quadro associativo cresceu rapidamente. Em 1907 surgiu o primeiro projeto comunitário: a instalação do primeiro sanitário público da cidade de Chicago, localizado perto da Prefeitura.

Em 1910 foi realizada a primeira Convenção, congregando se os clubes na Associação Nacional de Rotary Clubs. Paul Harris foi eleito Presidente da Associação. Nessa Convenção, por proposição de Arthur Frederik Scheldon, professor de marketing, foi adotado o lema: “mais se beneficia quem melhor serve seus companheiros”. Paul conheceu a sua futura esposa Jean Thompson em 1910 durante um passeio organizado pelo Prairie Club of Chicago, um grupo de amadores de atividades ao ar livre que ele ajudou a formar. Paul e Jean casaram-se em julho Daquele mesmo ano e dois anos mais tarde Paul construiu uma casa com vista para o campo onde eles se encontra ram pela primeira vez. A casa recebeu o nome de Comely Bank, o mesmo nome da rua onde Jean morou em sua infância, em Edimburgo, na Escócia. Paul e Jean não tiveram filhos.

Na 2ª Convenção, em Portland, Oregon, no ano de 1911, Paulo foi reeleito, dedicando-se ao desenvolvimento e expansão. Aprovou-se a proposta de Benjamin Franklin Collins, adotando-se o lema: “Servir, porém não a si próprio. Somente 40 anos depois, na Convenção de 1950, em Detroit, Michigan, EUA, foram oficialmente designados os lemas: “Mais se beneficia quem melhor serve” e “Dar de si antes de pensar em si”. O primeiro Rotary Club fora dos Estados Unidos foi fundado em 1911 em Winnipeg, Manitoba, Canadá. Nesse ano Nasceu a “The National Rotarian” publicação precursora da revista "The Rotarian".

Na Convenção de Duluth, Minnesota, em 1912, o nome foi mudado para Associação Internacional de Rotary Clubes, e encurtado em1922 para Rotary International.

Os Harris viajaram pelo mundo promovendo Rotary, sempre reconhecido como personalidade mundial, destacada, tendo recebido inúmeras condecorações. No Brasil, em 1942, recebeu do Presidente Getúlio Vargas, a “Ordem do Cruzeiro do Sul.

Paul faleceu em Comely Bank em 27 de janeiro de 1947 com 79 anos e foi enterrado no cemitério Mount Hope, nos arredores de Blue Island, perto da sepultura de seu velho amigo Silvester Schiele. Após a morte de Paul, Jean retornou à Escócia, sua terra natal, onde faleceu em 1963, com 82 anos. Em "Meu Caminho para Rotary", Paul atribui os valores nele incutidos por seus avós e vizinhos, a base que o levou à concepção de Rotary:

O Rotary nasceu do espírito de tolerância, boa fé e serviço, qualidades Características de meus familiares e companheiros de infância na Nova Inglaterra. Tenho tentado transmitir minha fé nesses valores a outros Seres humanos, com a mesma intensidade com que ela brilha dentro de mim”.


Notícias do Clube

Segunda Edição do Seminário Multidisciplinar com foco na Fundação Rotária, DQA e Imagem Pública.

ATENÇÃO COMPANHEIRIOS/AS!CAPACITAR É PRECISO! Vem aí a Segunda Edição do Seminário Multidisciplinar com foco na Fundação Rotária, DQA e Imagem Pública. Será no dia 29 de setembro, das 08:00 às 14:00 horas, em Anápolis, nas dependências do Hotel Denali. Presenças confirmadas do Curador da Fundação Rotária Hipólito Sérgio Ferreira, hoje o principal nome do Rotary no Brasil, e do Vice-presidente da ABTRF, Governador 2010-11, Marcos Franco - D. 4420. Ressaltamos que este Seminário estará aberto a todos os Rotary Clubs, Rotarianos, Rotaractianos e Interactianos do Distrito. IMPORTANTE!Concomitantemente ao Seminário Multidisciplinar acontecerá, também, o Seminário sobre Gerenciamento de Subsídios destinado aos clubes que desejam recebê -los. Governadores Assistentes:Erivelton Nunes SoaresSidney Pontes de OliveiraWender Maycon Pinheiro BorgesClubes Anfitriões:Rotary Club de AnápolisRotary Club de Anápolis-DaiaRotary Club de Anápolis-Jundiaí Rotary Club de Anápolis-Novas Gerações Rotary Club de Anápolis-LesteRotary Club de Anápolis-NorteRotary Club de Anápolis-OesteRotaract Club de Anápolis.Casas da Amizade. Gratos pela conexão rotária. Alberto Brito - Antônia Governador do D. 4.530 Claud Wagner - SandraGov.1998-99 - Instrutor DistritalPresidente da Comissão de Capacitação.

Postado em 16 de Setembro de 2019 por

Senado Federal homenageia Rotary International

Em sessão especial, nesta segunda-feira (9), requerida pela senadora Leila Barros (PSB-DF), o Senado homenageou o Rotary Internacional, instituição centenária, criada nos Estados Unidos. Leila, que presidiu a sessão, exaltou o trabalho social da instituição e disse ter ficado mais aliviada após a homenagem. — Eu saio mais aliviada porque eu sei que existem pessoas que querem o bem do planeta, do país, do mundo. E nós precisamos cuidar. Então, grata por o Rotary existir e por saber que essas políticas e todo esse trabalho social, humano que vocês estão fazendo, certamente, não impactam só na vida das pessoas, mas é uma lição, é um legado que vocês deixam — afirmou a senadora. Criado em 1905, na cidade americana de Chicago, o Rotary está presente em mais de 200 países e abriga mais de 1,2 milhão de associados. Em seu discurso, a senadora contou a história da instituição e disse que o Rotary presta importantes trabalhos de responsabilidade social, como a criação de bancos de leite, a doação de materiais esportivos e de equipamentos para escolas, o atendimento a operários com exames de vista, a prevenção ao uso de drogas e à violência, entre outros. — Citei aqui apenas alguns exemplos do trabalho realizado pelo Rotary, mas tenho conhecimento dos extraordinários projetos de âmbito mundial, seja focando a preservação ambiental, com o Programa Preserve o Planeta Terra, assunto da maior atualidade, mas suscitado pelo Rotary desde os anos 1980, sejam projetos tangenciando a área de saúde, como o Programa Pólio Plus, arquitetado há mais de 30 anos e que tem o propósito de pôr fim à poliomielite no mundo — afirmou. O diretor do Rotary International, Mário Cesar Martins de Camargo afirmou que há 2.382 clubes no Brasil, com 53 mil rotarianos. Ele explicou que a instituição possui a filosofia da paz, da amizade e da tolerância e não tem só intenções, mas ações. — Em Macapá, a Fundação investiu US$ 232 mil num único projeto destinado a algo fundamental, que é a melhoria da qualidade do ensino público. Algo tão vital para este país. E, na Bahia, com o projeto da Irmã Dulce, famosa, a Fundação Rotária fez um projeto de US$ 196 mil na renovação de seus equipamentos —citou o diretor. Também discursou na sessão o presidente do Rotary International, Mark Daniel Maloney. Ele falou sobre as ações da instituição para combater a poliomielite. — O Rotary assume uma posição central na luta global pelo fim da pólio desde o lançamento da nossa campanha de arrecadação de fundos PolioPlus em 1985 — afirmou. No Brasil, os rotarianos têm a campanha “Elimine a pólio agora”. O presidente da Rotary disse que espera dar continuidade a essa parceria formal com o Ministério da Saúde. Fonte: Agência Senado

Postado em 13 de Setembro de 2019 por

42º Instituto Rotary Brasil - Inauguração do Lema : Ética, um princípio que não pode ter fim

Dentro da programação do Instituto Rotary que aconteceu em Brasília – DF do dia 1 a 7 de setembro, foi inaugurado o lema – Ética um princípio que não pode ter fim. Lema este criado pelo Benemérito Aroldo Araújo do Rio de Janeiro que prestigiou o evento.  O local escolhido foi o Marco Rotário da Fundação de Rotarianos de Brasília. O evento contou a presença de muitos Diretores do Rotary Internacional, dezenas de ex-governadores de Distrito e o atual Governador 2019-2020, Alberto Souza Brito e sua esposa e Coordenadora da Casa da Amizade, Antônia Lopes Gonçalves. A cerimônia foi comandada pelo Diretor de RI, Mário César Martins de Camargo, que lamentou a ausência do Presidente do Rotary International Mark Daniel Maloney, que devido ao estranhamento com o clima, foi recomentado que ficasse de repouso. Feito as apresentações iniciais, Mario Cesar passou a palavra para o ex-governador Ronaldo Campos Carneiro, EGD 2008-2009 do Distrito 4530, que proferiu o seguinte discurso. “Bom dia a todos - nesta bela e ensolarada manhã de domingo, vamos reverenciar os valores perseguidos por esta formidável e centenária instituição de voluntários – Rotary International – com forte presença em todo o mundo e valores sólidos e consolidados. Lembrando nosso fundador Paul Harris que assim se pronunciou em 1916 – "Rotary continuará a ser caridoso, mas podemos fazer mais que isto, façamos Rotary exterminar a causa que torna necessária a caridade".  Passado mais de um século, a caridade continua sendo necessária, pois os sistemas de convivência humana são cada vez mais excludentes. Nosso fundador Harris não deve estar contente com isto.  Rotarianos do mundo inteiro buscam uma economia inclusiva, igualando as oportunidades na partida e não fortalecendo os fracos por enfraquecer os fortes, mas dando oportunidades para que o fraco se torne forte, permitindo que a energia humana seja assegurada para que talentos possam florescer.  Economia de mercado é a mais poderosa ferramenta de produção e distribuição de riquezas, porém como toda ferramenta, é destituída de valores éticos e morais – ela contribui indistintamente para produzir canhões para guerra ou leite para crianças – compete a nós rotarianos, dotá-la de valores éticos e morais, para que produza o que é necessário e não apenas o rentável.  Governos estão se agigantando no mundo todo, com recursos captados no processo produtivo privado. Vale dizer, ameaça maior para as sociedades é a ditadura da burocracia. Peço às cabeças pensantes rotárias do mundo todo para refletir sobre a evolução dos sistemas de convivência humana e contribuir para que continuemos a ser a solução do problema:   "A cada um conforme sua necessidade biológica, após, conforme sua capacidade"  Este Instituto Rotário do Brasil em Brasília, persegue com convicção o acesso aos sistemas de nutrição, saúde e educação de forma ampla independente de poder aquisitivo, num ambiente de liberdade plena e individual, economia de mercado com valores éticos e morais, propriedade privada e governo limitado Estes são valores gravados nesta Carta rotaria do Instituto rotário do Brasil em Brasília. As ações seguintes pelo presidente de RI Maloney: plantação de árvore, placa de ética no Marco rotário e liberação de balões brancos, significam o respeito que Rotary confere e persegue: sustentabilidade, ética e liberdade.” Para marcar a data foi plantado um Ipê Amarelo a quatro mãos junto a placa de ética encravada no Marco Rotário.  

Postado em 12 de Setembro de 2019 por

Reuniões Quartas-Feiras | 19:30
Hotels do Bico, Av. Goias,3730 Cep: 77969-000